Outubro Rosa. O diagnóstico precoce aumenta a chance de cura do câncer de mama.

LogooutubrorosaUCA

Você deve estar se perguntando: “O logo da Universidade Corporativa ABRAMGE não é azul?”.

Sim mas essa é uma homenagem e o espírito da Universidade Corporativa ABRAMGE neste mês de outubro e durante todo o ano também pois o câncer de mama é uma das maiores causas de mortalidade das mulheres em todo o mundo e não deixaríamos de tratar o assunto com todo respeito, engajamento e divulgação possíveis.

Outubro Rosa

O ano de 2012 registrou crescimento de 37% na realização de mamografias na faixa prioritária – de 50 a 69 anos – em comparação com 2010, no Sistema Único de Saúde (SUS). Os procedimentos somaram 2,1 milhões no ano passado, contra 1,5 milhões em 2010. Se incluídas todas as faixas etárias, o número de exames realizados no último ano atingiu a marca de 4,4 milhões, representando um crescimento de 26% em relação a 2010.

Para estimular a detecção precoce do câncer de mama, o Ministério da Saúde dá início à campanha para conscientização das mulheres sobre o tema, reforçando as ações do movimento Outubro Rosa.

Outubro Rosa

O movimento popular Outubro Rosa é internacional. Em qualquer lugar do mundo, a iluminação rosa é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina. Em Brasília, às 18h40 desta terça-feira (1º), o prédio do Ministério da Saúde e o Congresso Nacional serão iluminados com luzes cor-de-rosa. O câncer de mama é a segunda causa de morte entre mulheres. Somente no ano de 2011, a doença fez 13.225 vítimas no Brasil. O rosa simboliza alerta às mulheres para que façam o autoexame e, a partir dos 50 anos, a mamografia, diminuindo os riscos que aparecem nesta faixa etária. Para que mais mulheres possam fazer o exame, o Ministério da Saúde investiu, em 2012, R$ 92,3 milhões – um aumento de 17% em relação a 2011.

Assistência

Em 2011, a presidenta Dilma Rousseff lançou o Plano Nacional de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo do Útero e de Mama, estratégia para expandir a assistência oncológica no País. Atualmente, o SUS tem 277 serviços na assistência oncológica que atendem a 298 unidades hospitalares distribuídas nas 27 unidades da federação para a detecção e tratamento de câncer em todo País. Com o investimento do governo federal, mais de 3,6 milhões de sessões de radioterapia e quimioterapia foram feitas pelo SUS, com investimento de R$ 491,8 milhões. As cirurgias oncológicas também representam a preocupação com o combate à doença. No ano passado, foram investidos R$ 16,8 milhões.

Para agilizar o acompanhamento dos serviços oncológicos, o Ministério da Saúde criou o Sistema de Informação do Câncer (Siscan). O software, disponível gratuitamente para as secretarias de saúde, permite o monitoramento do atendimento oncológico na rede pública por meio da inserção e processamento de dados, gerido pelo Ministério da Saúde. O sistema funciona em plataforma web e já tem a adesão dos 27 estados brasileiros, dos quais 17 já começaram a inserir os dados no sistema. O prazo para substituição dos demais sistemas pelo Siscan termina em janeiro de 2014. A cobertura das informações também se estenderá a todos os tipos de câncer. Até o momento, o sistema já recebeu mais de 104,3 mil requisições de exames, sendo 39,6 mil referentes a mamografias.

Para este ano, o Ministério da Saúde instituiu a centralização da compra do L-Asparaginase. Usado no tratamento de câncer, o medicamento era comprado pelos serviços do SUS habilitados em oncologia.  A medida foi tomada após a empresa brasileira que distribuía o medicamento comunicar ao governo federal a interrupção do fornecimento por parte de uma empresa estrangeira. A partir de 2015, o L-Asparaginase passa a ser produzido no Brasil por meio de parceria firmada em junho entre a Fiocruz e os laboratórios privados NT Pharma e Unitec Biotec. Assim, o país fica livre de ser surpreendido pela suspensão da oferta por uma empresa privada internacional sem atividades produtivas no País.

Sancionada pela presidente Dilma Rousseff, a Lei 12.732/12, conhecida como Lei dos 60 dias, garante aos pacientes com câncer o início do tratamento em no máximo 60 dias após a inclusão da doença em seu prontuário, no SUS. O prazo máximo vale para que o paciente passe por uma cirurgia ou inicie sessões de quimioterapia ou radioterapia, conforme prescrição médica.

Fonte:Ministério da Saúde

Anúncios

Sobre mbagestaodesaude

A Universidade Corporativa Abramge tem como missão contribuir continuamente para a aquisição de novos conhecimentos no setor de saúde suplementar. Realiza há mais de ... anos os MBAs Gestão de Planos de Saúde e o Gestão de Promoção de Saúde e Qualidade de Vida nas Organizações. É o braço educacional da Abramge – Associação Brasileira de Medicina de Grupo, entidade criada em 08 de agosto de 1966 para representar os grupos médicos que se constituíam em empresas, denominadas medicina de grupo, é hoje importante referência no desenvolvimento do sistema privado de saúde no país. Atuando como interlocutora junto às autoridades governamentais, mantém-se como parceira da sociedade na busca e implementação de soluções e de atenções nos cuidados com a saúde da população brasileira. A Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV) é uma organização não-governamental, sendo a maior referência nacional na área, que tem como missão principal a promoção da integração e o desenvolvimento de profissionais multidisciplinaresvoltados para a atuação em qualidade de vida, divulgando tendências, provocando discurssões/reflexões e formando opiniões balizadoras de estilo de vida, padrões e ambientes saudáveis. O Centro Universitário São Camilo, tradicional instituição privada de educação superior na área da saúde, é mantida pela União Social Camiliana (USC). Atualmente, com inúmeros cursos de graduação e de pós-graduação, incluindo o mestrado pioneiro em Bioética reconhecido pela Capes, o Centro Universitário São Camilo vem recebendo diversos reconhecimentos externos pela qualidade dos serviços prestados à comunidade como, excelente desempenho no ENADE do Ministério da Educação, categorização de seus cursos da área de saúde como melhores do Brasil pelo Guia do Estudante, Prêmio TOP HOSPITALAR, Prêmio HOSPITAL BEST e a certificação ISO 9001/2000 do Inmetro e da Fundação Vanzolini.
Esse post foi publicado em Câncer de mama, Saúde mundial. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s